fbpx

Quais os maiores desafios enfrentados pela Empodera?

Leizer Pereira. Homem negro, careca, de braços cruzados e camisa preta com uma estampa no meio, ao lado esquerdo da imagem. Ao lado direito, o seguinte texto: Quais os maiores desafios enfrentados pela Empodera?

Tags:

Escrito por:Tamires Menezes

Copywriter da Empodera- Mulher negra, publicitária com MBA em Big Data e Inteligência de Marketing. Possui mais de 05 anos de experiência em marketing digital, pautada na publicidade contraintuitiva- ferramenta de enfretamento e problematização de estereótipos e preconceitos sociais recorrentes nos circuitos midiáticos brasileiros.

29 abr, 2022

Dando continuidade à coluna de entrevistas do nosso blog, Leizer Pereira, respondeu perguntas sobre os maiores desafios e sonhos da jornada da Empodera. Confira abaixo o bate-papo com o CEO e fundador da Empodera. Boa leitura! 

 

Agora que já sabemos um pouco mais sobre a sua história e o que te motivou a fundar uma plataforma especializada em Diversidade e Inclusão, pode nos dizer qual foi o momento mais desafiador da Empodera? 

A Empodera é uma pequena empresa e eu fico muito orgulhoso da nossa trajetória até aqui. No Brasil, a maior parte das pequenas empresas morrem com menos de 2-3 anos, e nós estamos vivos e avançando.  

Nota do editor: A Empodera existe desde 2016.

Acredito que enfrentamos diversos desafios na jornada da Empodera, sobretudo por sermos uma empresa pequena nadando ao lado de outras já estabelecidas no mercado.  

Isso faz com que a Empodera sofra das mesmas dores das pequenas empresas né?! Não nos falta conhecimento e competências técnicas… Nós sabemos o que tem que ser feito e como fazer, mas precisamos selecionar as melhores pessoas e empresas para nos ajudar a pôr em prática essa mudança no ambiente corporativo. 

 A Empodera trabalha para trazer gente boa que consiga dar conta dessa jornada com a gente. Seja nos apoiando financeiramente, ou até mesmo colando a mão na massa para nos ajudar a gerar mais impacto positivo na vida das pessoas.  

Ou seja, ter acesso a investimento para investir em tecnologia, marketing e sobretudo em pessoas é o um dos maiores desafios da Empodera.  

Além disso, nós temos um mercado que está crescendo, mas que nos desafia muito. As empresas estão no início de uma longa jornada de um tema complexo de entender. Logo, é preciso educar o cliente sobre a importância e os benefícios de consumir os serviços que a Empodera oferece. 

A agenda da Diversidade & Inclusão está sendo liderada por grandes empresas, sobretudo as multinacionais. Então é difícil uma pequena empresa conseguir entrar na lista de fornecedores de uma grande empresa. 

Mas ainda que tenhamos que enfrentar essa questão diariamente, a força do tema leva essas pequenas empresas para o radar/ecossistema das grandes né?! E foi justamente essa força, somada à qualidade da Empodera, que nos abriu portas… Hoje, a nossa plataforma está presente em mais de 70 empresas. 

Agora do ponto de vista do empreendedor, o meu maior desafio não está no modelo de negócio ou no desenho de um produto/serviço, e sim na entrega emocional. Empreender é risco, por isso a maior parte das pessoas optam por ter um trabalho e receber certinho no final do mês. Ser empresário, sobretudo no Brasil, é uma montanha-russa emocional, mas é muito gratificante ver uma coisa que não existia, passar a existir, crescer e impactar a vida de milhões de pessoas.  

 

O terceiro pilar da metodologia de 3S da Empodera é o Sustentar, com objetivo de promover uma transformação cultural para que a D&I implementadas sejam parte da cultura organizacional das empresas. Você pode falar um pouquinho sobre essa metodologia? 

Acredito que precisamos do S de sensibilizar para ampliar a consciência da liderança, dos colaboradores e da organização com relação a temática diversidade e inclusão. É preciso pegar todo mundo e empurrar do estágio alheio para informado, de informado para consciente, de consciente para engajado e de engajado para um agente de transformação.  

O desafio no desenvolvimento da liderança e colaboradores é formar aliados da causa. Essa liderança precisa abraçar a causa porque acredita, porque é justa, porque é certo e faz parte dos seus valores, e não só porque é bom para o negócio.  

O S de Sistematizar nos ajuda a entender como tornar essas ideias em um processo dentro das empresas. Eu tenho bem claro uma estratégia, defino um plano de ação muito bem elaborado, sei como implementar… Agora é necessário estruturar um comitê de diversidade, criar grupo de afinidades, eleger uma governança, definir os KPIs e as metas… Isso tudo está no Sistematizar.  

Agora, o S de Sustentar tem relação com tornar as ações do Sensibilizar e Sistematizar perenes. Tornar sustentável dentro das empresas… Aí tem muito a ver com aquele ditado de “quem não mede, não gerencia” né?! Então, essa etapa da metodologia existe para medir os indicadores das ações promovidas nas etapas anteriores. Dados são coletados, para verificar se os resultados estão efetivamente saindo do papel, e se algo está saindo fora do curso, para corrigir. A Empodera precisa fazer um trabalho contínuo de multiplicação dessa nova cultura para todos os espaços das organizações. Esse trabalho de diversidade e inclusão não pode depender de uma ou duas pessoas, pois fatores externos como mudança de área ou desligamentos podem desmontar todo o processo. Esse trabalho tem que estar baseado em políticas e em uma cultura internalizada em cada um dos colaboradores. 

 

Quais são seus sonhos para o futuro da Empodera? 

Meu sonho é que a Empodera se consolide como a maior plataforma de serviço de diversidade e inclusão do Brasil, quiçá da América Latina. 

Que sejamos, efetivamente, a grande ponte entre as organizações e os talentos diversos. Que a Empodera consiga gerar o maior impacto positivo possível, preparando milhares e milhares de pessoas para o mercado de trabalho… Porque isso é uma coisa que brilha os nossos olhos! Poder transformar a vida das pessoas por meio da qualificação, preparação, abrir as portas do mercado de trabalho… E claro, transformar o mundo corporativo para melhor. 

Gostou da matéria? Fique ligado que na próxima sexta-feira, Leizer Pereira irá falar sobre a importância e os benefícios de promover a diversidade e a inclusão dentro das organizações. 

Você também pode ver um pouco mais sobre a jornada da Empodera, no vídeo abaixo:  

 

 

Quer saber mais como a Empodera pode te ajudar a acelerar a jornada de mudança para Cultura inclusiva da sua empresa? Preencha o formulário abaixo.

Posts

Categorias

Saiba como a Empodera pode contribuir no processo de D&I da sua empresa



Talvez você também goste de…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.